Histórias do Grupo 5

MANUAL DO PROFESSOR - parte II - (abril a julho)

 

OS NÚMEROS 4,5 ,6 e 7 ( PÁGINAS: 41 a 78 ) – APLICÁVEIS ÀS PROPOSTAS ANTERIORES.

 

TRABALHO COM O CALENDÁRIO

 

·         Fazer essa exploração sempre no início de cada mês,

·         Veja abaixo algumas sugestões de exploração. UTILIZE, procurando sempre enriquecer a atividade  com novos questionamentos

 

Exploração do calendário como instrumento de  registro da passagem do tempo:

·         Retomar o calendário anual

·         Contar com as crianças os meses anteriores

·         Determinar qual o numero do mês em estudo. Ex.:  MAIO É O MÊS 5

·         Assinalar o mês  em estudo.

·         Verificar se haverá alguma data especial no mês (feriado, festa na escola, projetos,...)

·         Assinalar  com destaque o DIA DA MATEMÁTICA;

·         Verificar se acontecerá algum aniversário no mês entre as pessoas da turma.

·         Se houver, contar os dias que faltam para o aniversário.

·         Perguntar se gostariam de assinalar alguma data especial no calendário  do mês

·         Início da Copa do Mundo (calendário de  junho);

·         Término da Copa do Mundo ( calendário de julho);

Exploração do calendário  como portador de números

·         Leitura das datas assinaladas

·         Descobrir  determinado algarismo no calendário,  perguntando, por exemplo:  onde aparece o CINCO no calendário  do mês  de maio? E no do mês de  abril.

·         Fazer perguntas do tipo:

-                   Localizar o dia 5

-                   qual o dia que vem logo depois do dia   5?

-        E muitas outras que podem ser pensadas, sempre com o objetivo de familiarizar as crianças com os números.

 

TEMAS PARA AS RODAS DE CONVERSA

·         Levantamento  de questões relacionadas ao calendário;

·         O dia da Matemática (material no site);

·         Malba Tahan (material no site);

·         Copa do mundo (material no site)

·         Planejamento das atividades matemáticas do dia.

·         Quantos pares de  calçados temos hoje na turma? Por que?

·         Preparação para jogos, brincadeiras, manuseio de materiais, registros coletivos: explicitação e combinação  das regras;

·         Questionamentos sobre os números, inspirando-se nas páginas  4,5,6 e 7, procurando coloca-los nas mais variadas situações do cotidiano, estimulando as crianças a dizerem também, em que situações percebem a presença deste ou daquele número.

TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO

·         Contagem e organização de dados coletados  na turma, na escola em  tabelas e gráficos.(professora escriba);

·         Pesquisa  frases, provérbios, quadrinhas, cantigas de roda,... onde apareçam números;

·         Organização dos resultados das pesquisas em cartazes, painéis, tabelas, álbuns,...

     

 

 

RECURSOS DE MÍDIA   (disponível no site)

·         ARQUIVOS: abril, maio, junho e julho;

·         QUIZ(testes para serem respondidos on-line);

·         VÍDEOS: Malba Tahan

               Dia Nacional da Matemática.

               Brincando com as mãos.

·         JOGOS:

-         Forca (coletivo)

-         Memória

·         Origami do sapo.

·         E  mais...

RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

·         Fazer das situações-problemas, isto é,  aquelas em que as crianças precisam pensar para resolver e explicitar o seu pensamento, uma constante  na relação com a turma.

·         Dependendo do encaminhamento dado, todas as propostas do livro favorecem a  abordagem como uma situação problema, desde que  a resolução  nas páginas, sejam precedidas  de  questionamentos e discussões  AMPLIADAS que as levem a pensar e  explicitar o pensamento em interação com os amigos  sobre as questões propostas. 

BRINCADEIRAS

JOGOS

CONSTRUÇÕES

·         Jogo livre com blocos lógicos;

·         Pareamento com blocos lógicos (Ex.: grande pequeno);

·         Bingo com blocos lógicos;

·         Descobrir a peça escondida (dominó, blocos lógicos, tangram);

·         Jogo livre com dominó;

·         Encontrar peças do dominó solicitadas pela professora;

·         Reproduzir figuras construídas com o TANGRAM;

·         Descobrir  um determinado número em diversos lugares: calendário, cartas, relógio, placas, dados, etc...

·         Bater palmas ao ouvir determinado número, dito pela professora ou pelo amigo, em uma sequência ou  fora de sequência;

·         Brincar de compra e venda;

·         Recitar sequências numéricas (indo e voltando);

·         Encontrar o  par ;

·         Rolar a bola  com o objetivo  de  aproximá-la de um  determinado ponto estabelecido.(pág 74)

RECURSOS DO LABORATÓRIO

·         LIVROS DA COLEÇÃO CORPIM

·         BLOCOS LÓGICOS*

·         BARALHO

·         DOMINÓ

·         DADOS

·         FITA MÉTRICA, RELÓGIO, CALENDÁRIO;

·         DINHEIRINHO;                                                                                                                                                                                                                   

·         MATERIAL DE CONTAGEM (tampinhas, palitos,...)

·         RÉGUAS;

·         TANGRAM;

·         SEQUÊNCIAS NUMÉRICAS

·         NÚMEROS MÓVEIS;

·         FORMAS GEOMÉTRICAS;

·         CAIXAS E OBJETOS;

·         OUTROS OBJETOS E MATERIAIS PORTADORES DE NÚMEROS, FORMAS E MEDIDAS);

REGISTROS

·         INDIVIDUAIS:

-        Páginas do livro;

-        Anotações no caderno;

-        Propostas  avulsas, anexadas no caderno.

·         COLETIVOS:

-        Cartazes com tabelas, gráficos  permanentes ou transitórios;

-        Cartazes com imagens. Ex:

-        Quadrinhas, músicas ou cantigas de roda em que apareça algum número.

EXPERIÊNCIAS

·         Medir distâncias, altura, “peso”, capacidade, usando  instrumentos convencionais e não convencionais.

 

 

 

                SUGESTÕES PARA O DIA DA MATEMÁTICA:

 

6 DE MAIO – TERÇA-FEIRA

 

·         Roda de conversa sobre a origem do Dia da Matemática;

·         Assistir vídeo sobre Malba Tahan;

·         Resolver desafios simples: tipo adivinhação;

·         Recitar  quadrinhas onde aparecem números;

·         Cantigas de roda onde aparece números

·         Dobradura do sapinho (coleção do Malba Tahan);

·         Curiosidades numéricas;

·         Jogos;

·         Desafios;

·         Adivinhações;

·         Gincana do cinco;

·         Exposições;

·         Painéis, murais.

 

 

Assessoria de Matemática
https://a-matematica-contando-historias.webnode.com/
Educação Infantil
 
PROPOSTAS PARALELAS AO LIVRO 
 
OBSERVAÇÃO E EXPLORAÇÃO DAS PARTES DO CORPO
 Observar o próprio corpo no espelho – observando a simetria: lado direito, lado esquerdo.
 Comparar a altura com os amigos;
 Nomear partes do corpo(o que tem um, o que tem dois, o que tem dez, o que tem muitos,...)
 Medir distâncias com passos e pés;
 Medir objetos com a palma da mão;
 Medir com um barbante ou fita o tamanho do pé
 Verificar (pesquisar) o número do calçado;
 Verificar o peso.
 
RODAS DE CONVERSA
 Conversa sobre: o que sabem a respeito dos objetos, quem tem em casa, tipos diferentes, para que servem, o que é igual em todos, o que é diferente,...)
 Como é o nosso corpo? O que temos do lado direito? E do lado esquerdo? O que temos somente 1? O que temos dois? O que temos em cada mão? E nas duas mãos juntas? ...
 Observando o entorno: o que tem só um em nossa sala? O que tem só um na escola? O que tem só um em nossa casa? O que tem só um...? E dois, e três...
 
CONSTRUÇÕES E MONTAGENS
 Fazer trenzinhos com tampinhas, caixinhas;
 Criar e montar figuras usando peças com formas geométricas;
 Criar sequências usando canudinhos enfiados no barbante.
 Identificar figuras de animais formadas com as peças do TANGRAM.
A professora entrega a cada criança uma figura de animal formada com o tangram. Em seguida monta a vista das crianças um dos animais. Quem estiver com a figura formada se apresenta.
 
JOGOS
 Jogo da memória ou qualquer outro com o objetivo de gerar correspondência:
 objetos iguais
 objetos de mesma cor
 formas geométricas
 Derrubar latas e pinos com uma bola
 Jogar argolas para encaixar em pinos ou garrafas.
 Boliche: contar o número de pinos que caíram , quantos não caíram.
 Pescaria
 Jogo do abraço
 Quebra-cabeças;
 Formar pares: Filhotes/animal adulto
 QUEM É MAIOR? Formiga/boi
Gato/elefante, minhoca/cobra, cachorro/cavalo
 
RECURSOS NO SITE
 Slideshare;
 Jogos;
 Músicas;
 Vídeos;
 
BRINCADEIRAS
 Mímica;
 Comunicação com gestos;
 
REGISTROS
 Contornar objetos de mesma forma, de tamanhos diferentes, em uma folha de papel.
 Colar o mesmo número de palitos alinhados em posições diferentes (horizontal e vertical). Discutir o resultado.
 Desenhar linhas retas e curvas primeiro na areia, depois no chão com giz, depois em uma folha com giz de cera.
 Traçar círculos com o apoio de objetos circulares.
 Registrar em tabelas os pontos obtidos nos jogos;
 Registrar em cartazes ( professora escriba)
Número de alunos da turma, quadro de aniversariantes da turma, medidas (atura, medida dos pés);
 Escrita de números “grandes” seguindo suas hipóteses;
Ex.: qual o número da sua casa? Quantos alunos somos quando juntamos as duas turmas?
 Pesquisa em revistas e /ou outras fontes de imagens:
 Pessoas usando as mãos;
 Pessoas usando os pés;
 Animais de duas patas, quatro patas, muitas patas
 
TRABALHO COM O CALENDÁRIO
 Fazer essa exploração sempre no início de cada mês,
 Veja abaixo algumas sugestões de exploração. UTILIZE, procurando sempre enriquecer a atividade com novos questionamentos
Exploração do calendário como instrumento de registro da passagem do tempo:
 Retomar o calendário anual
 Contar com as crianças os meses anteriores
 Determinar qual o numero do mês em estudo. Ex.: agosto – mês 8
 Assinalar o mês em estudo.
 Leitura dos dias da semana, do mês, doa ano
 Verificar em que dia começou (explicitar a data e o dia da semana).
 Verificar em que dia irá terminar
 Verificar se haverá alguma data especial no mês (feriado, festa na escola, projetos,...)
 Verificar se acontecerá algum aniversário no mês entre as pessoas da turma.
 Se houver, contar os dias que faltam para o aniversário.
 Perguntar se gostariam de assinalar alguma data especial no calendário do mês.
Exploração do calendário como portador de números
 Leitura das datas assinaladas
 Descobrir determinado algarismo no calendário, perguntando, por exemplo: onde aparece o oito no calendário do mês oito?
 Fazer perguntas do tipo:
 qual o número que vem logo depois do 10?
 Qual a data do próximo domingo?
 Qual o número do último dia do mês
 E muitas outras que podem ser pensadas, sempre com o objetivo de familiarizar as crianças com os números.
 Ler todos os números da última semana.
 Ler todos os números da semana em que estamos.
 

 

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!